Ponte Ciclável Galp Lisboa, Portugal

Cliente Galp Energy
Local Lisboa, Portugal
Projecto 2009
Construção -
Área de Construção -

Esta proposta materializa a intersecção de dois paradigmas: um íntimo, da perspectiva do ciclista e do peão, e o outro mais exposto, do ponto de vista dos veículos de passagem.

Para o veículo em movimento, o objecto deve ser apresentado como uma peça única, observada à distância e a alta velocidade. Não há necessidade de preocupação com os pequenos detalhes, uma vez que estes se deslocam demasiado rápido para os identificar. Durante o dia, o exterior do objecto encontra-se revestido por um material robusto que faz frente à envolvente inóspita, enquanto, durante a noite, a sua permeabilidade permite ao seu interior laranja iluminar-se e transparecer. A função definiu a forma, permitindo a distância de atravessamento mais curta possível de acordo com as inclinações necessárias à utilização eficiente e confortável.

Os peões e ciclistas experienciam o objecto a partir do seu interior. Este relaciona-se com eles de uma forma mais táctil e íntima, protegendo-os do trânsito em movimento. A torção das laterais fornece vistas seleccionadas da área circundante, expondo e escondendo perspectivas. Aqui a escala do detalhe é importante, uma vez que este é entendido a curta distância e a um ritmo mais lento.